16 de jan de 2009


Magalhães descarta disputa em 2010

Lembrado por setores da oposição como alternativa para liderar a chapa majoritária no estado em 2010, o deputado federal Roberto Magalhães (DEM) acha que não existe razão para que o seu nome seja lançado. 'Não faz sentido. Já faz mais de 20 anos que fui governador. É preciso renovação', afirmou, defendendo a tese da renovação de quadros políticos. Na manhã de hoje, o parlamentar visitou a Folha de Pernambuco e concedeu entrevista à Rádio Folha FM.

Mesmo sem a intenção de disputar as eleições, Magalhães endossa a necessidade de reedição da antiga 'União por Pernambuco' no pleito de 2010. O melhor caminho é esse. Está provado que a experiência de separação dos partidos foi negativa', disse, em alusão à fragmentação oposicionista na disputa pelo comando da capital pernambucana.

Sobre a gestão Eduardo campos (PSB), Magalhães disse não ter elementos para fazer um julgamento global, mas que a sua impressão é boa. 'Eduardo chegou num momento privilegiado de Pernambuco. O governo vai bem na atração de grandes investimentos, vide o exemplo de Suape.

Sei de setores que não vão bem, como a saúde e a segurança, que são problemas crônicos de sucessivas administrações públicas brasileiras. Agora, quando estou no Recife quase não ouço críticas à gestão, então tenho uma impressão favorável', discorreu o deputado.

Fonte: Blog da Folha


0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...