19 de fev de 2011

Do blog do Inaldo Sampaio

Rands é o plano "b" do PSB para 2012

Coluna da Folha de Pernambuco do sábado, 19/02/11

Eduardo Campos aprendeu a jogar xadrex com o avô, Miguel Arraes, e tem posto em prática, na política, todas as manhas deste jogo. Sem abdicar de suas responsabilidades de gestor, tem se comportado com muita argúcia na presidência nacional do PSB. Sua jogada mais ousada neste início de ano foi a articulação feita em São Paulo com o prefeito Gilberto Kassab para levá-lo para o seu partido juntamente com o governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo, ambos filiados ao DEM.

Se esta articulação der certo, o governador de Pernambuco terá posto um pé no Sul (SC) e no Sudeste (SP) para eventualmente se aventurar a uma candidatura presidencial. Ele sabe que não se pode levar a sério um projeto de poder, em nível nacional, se não tiver aliados fortes naquelas duas regiões. Assim, Kassab se candidataria ao governo de São Paulo em 2014, e Raimundo Colombo à reeleição, já pela legenda do PSB, e apoiando o candidato do partido ao Planalto, que seria o próprio Eduardo.
Como antes de 2014 haverá 2012, o governador está particularmente interessado na eleição do Recife. Se o prefeito João da Costa der a volta por cima e melhorar sua gestão, terá o apoio do PSB à reeleição. Afinal, a condução do processo pertence ao próprio PT. Mas se o prefeito inviabilizar-se para disputar a reeleição o governador deve propor aos petistas o nome do deputado Maurício Rands. Não foi por outra razão, aliás, a vinda dele para Pernambuco para ser secretário de governo.
O dono – Muito se tem falado pela imprensa sobre a briga de Daniel Coelho com Sérgio Xavier em torno do alinhamento do PV com o governo estadual. Mas muita esquece que quem controla o partido em Pernambuco é Carlos Augusto Costa, ex-genro do senador Jarbas Vasconcelos.
A pressa – João da Costa não perdeu tempo quando Samuel Oliveira pediu exoneração da Secretaria do Turismo. No mesmo dia convidou André Campos (PT) para substituí-lo. Todavia, está indeciso há 30 dias sobre se deve ou não chamar um represente do PTC para o 2º escalão.
Sudene – O governador Antonio Anastasia (PSDB-MG) estará em Aracaju na próxima 2ª feira para participar da reunião dos governadores do Nordeste com a presidente Dilma Rousseff. É que o norte de Minas está na área da Sudene e o governador, por essa razão, tem assento no conselho. Tancredo, quando governador daquele Estado, era assíduo às reuniões do órgão.
O acordo - Estão avançadas as conversas entre o PT e o PSB de Surubim às eleições de 2012. O vereador e presidente da UVP, Biu Farias (PSB), não tem sido chamado para conversar porque é contra o acordo. Além disso, dizem os petistas da cidade, ele “morreu” como líder político. Só se elegeu vereador em 2008 porque teve 30 votos a mais que a ex 1ª dama Leda Barbosa.
A inversão – O ex-deputado Sebastião Ignácio Oliveira Neto, já falecido, que foi líder político em Serra Talhada e conselheiro do TCE, batizou o filho caçula como Sebastião Ignácio Oliveira Júnior (PR), que o sucedeu na Assembleia Legislativa. O normal é que fosse o inverso.
O consenso – Pela primeira vez em muitos anos o PT não elege um presidente em Pernambuco de forma consensual. Para substituir Jorge Perez, que se afastou por recomendação médica, Pedro Eugênio recebeu o apoio de todas as facções do partido. A escolha se dará hoje, às 10h.
A chancela – Diferentemente do que muitos peemedebistas imaginavam, Jarbas Vasconcelos apoiou integralmente a posição tomada por Raul Henry (PMDB) de votar a favor do salário mínimo proposto por Dilma Rousseff (R$ 545,00), curvando-se à maioria do grupo “Afirmação Democrática”. Segundo o senador, não teria sentido Raul ser “dissidente da dissidência”.
Mídia 1 – Jayme Asfora, ex-presidente da OAB-PE, foi eleito presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB federal. Craque no uso dos meios de comunicação, Jayme, que é suplente de deputado estadual (PMDB), é capaz de transformar em notícia fatos que passariam em branco no olhar da mídia.
Mídia 2 - Guardadas as devidas proporções, a figura de Asfora lembra muito a do falecido advogado e jornalista Lúcia Flávio Regueira, que fez história no Recife, nos anos 80, como presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB-PE. Certa vez, à falta de notícia, Regueira simulou o próprio sequestro.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...