19 de fev de 2011

Pelos cálculos da Confederação Nacional dos Municípios, 12% das cidades brasileiras não tem condições de cumprir, com o novo salário mínimo, a Lei de Responsabilidade Fiscal

Levantamento feito nesta sexta-feira pela Confederação Nacional dos Municípios junto às Associações de Prefeitos dos Estados chegou à seguinte conclusão: 12% das cidades do país não terão condições cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal pagando um salário mínimo de R$ 545,00.
Segundo explicações de CNM, que deve ser a mesma do presidente da Amupe, Antonio João Dourado (PDT), com o aumento do salário mínimo as despesas com a folha tendem a ultrapassar 54% da Receita Corrente Líquida – percentual máximo estabelecido pela LRF.
Hoje, cerca de 80% das prefeituras de Pernambuco estão enquadradas na LRF e as que não conseguiram receberam um prazo do TCE para fazê-lo.

Do blog de Inaldo Sampaio

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...