19 de fev de 2011


Wolney Queiroz afirma que aliado tem de ser disciplinado

O deputado federal Wolney Queiroz afirma que nunca houve este tal enquadramento do PDT feito pela presidente Dilma Rousseff por causa dos deputados que defendiam um salário mínimo maior. Segundo ele, Dilma conhece o PDT, já foi filiada ao partido e conhece o programa e sabe da importância desse assunto para a legenda. "Eu defendi internamente os R$ 560, argumentei com o governo e tentei convencer da viabilidade, mas fui ‘voto vencido'. Daí por diante, passei a defender a proposta do governo. Aliado tem que ser disciplinado! Aliado confia e aposta no projeto do conjunto", afirmou.

O representante de Caruaru em Brasília afirmou que a presidenta Dilma está começando o governo e tem que contar com a solidariedade dos aliados. Wolney revela que no dia da votação conversou com a bancada e foi categórico: "Se nós acharmos que esse assunto é tão importante que mereça o nosso afastamento do governo, então é isso que devemos fazer. Vamos entregar os cargos e sair da base ainda hoje. Vamos ficar independentes e vamos votar contra o governo. Caso contrário, vamos votar com a proposta de Dilma e confiar na formulação do governo para o salário mínimo".

Do blog do Vanguarda

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...