26 de fev de 2011

Do blog de Magno Martins

Lenha na fogueira

Polêmico por natureza, o prefeito de São Lourenço da Mata, Ettore Labanca (PSB), antecipou, ontem, a sucessão municipal no Recife ao afirmar no Frente a Frente, programa pilotado por este colunista na Rádio Folha, que o seu partido dará um prazo para João da Costa tentar recuperar sua popularidade. Se isso não ocorrer, a legenda socialista lança candidato próprio.

“O PT, apesar de uma relação boa com o Governo Eduardo, não é proprietário da Prefeitura do Recife”, disse Labanca, adiantando que há muita confiança no PSB de que a popularidade do governador pode ser um fator determinante em 2012. “Eduardo tem 80% de aprovação no Recife e não tenho dúvida de que o candidato que tiver o seu apoio vence a eleição na capital”, assinalou.

Entre os nomes do PSB, Labanca chega a citar três nomes – o do secretário de Cidades, Danilo Cabral; o ministro da Integração, Fernando Bezerra Coelho; e o secretário de Desenvolvimento, Geraldo Júlio. Para o prefeito, o PSB não pode correr o risco de ficar por muito tempo aguardando que o prefeito volte a andar em sintonia com a população.

“Há um sentimento muito grande no PSB para que disputemos a Prefeitura com candidato próprio”, reforçou. Labanca adora se envolver em polêmica. Recentemente, se atritou com o deputado André Campos na composição da mesa da Alepe. Dizem que sua inspiração nasce na contemplação dos jardins das Princesas.

VERSÃO OFICIAL– A Secretaria de Saúde informa que as obras no hospital Dom Moura, em Garanhuns, obedeceram aos trâmites legais com aval do Tribunal de Contas. A calçada custou R$ 98 mil e foi feita por empresa selecionada através de carta-convite. Já o telhado, ao custo de R$ 1,3 milhão, foi construído mediante dispensa de licitação com seleção pelo menor preço em cima de três empresas em caráter de emergência por causa das chuvas. Ah, bom!

Divisão perigosa -
A Polícia Militar está divida quanto ao movimento grevista que pode ser deflagrado no Estado. Um manifesto distribuído com os meios de comunicação, subscrito por mais de 30 oficiais, tentando impedir a paralisação, provocou efeito contrário. Porque envolveu muita gente graduada sem autorização.

MP quer orientar prefeitos - Consciente de que para cumprir o seu papel de forma mais ampla e efetiva o Ministério Público tem que se aproximar muito mais da sociedade, o procurador-geral de Justiça, Aguinaldo Fenelon, deve procurar a Amupe. Sua ideia é promover um curso ou seminário de orientação aos prefeitos municipais. “Muitos prefeitos não têm noção do rigor das leis”, observa.

Sessão chororô - Nove vereadores de Caruaru vieram ao Recife ontem chorar no ombro amigo do vice-governador João Lyra Neto (PDT). Na sessão de lamúrias, muitas reclamações quanto ao tratamento dispensado pelo prefeito José Queiroz (PDT). Queiroz, segundo eles, não é chegado muito a ternurar macho.

Pacto pela criança -
Depois do “Pacto pela vida”, o “Pacto pela criança”. Logo após o Carnaval, o governador Eduardo Campos lança um conjunto de ações voltado para o segmento infantil a ser coordenado pela secretária de Desenvolvimento Social, Raquel Lyra. Quem já viu, diz que Dilma vai copiar no plano nacional.

CURTAS –

CRECHES– O prefeito de Petrolina, Júlio Lóssio (PMDB), já entregou 12 creches nos últimos 90 dias no município, principalmente nos bairros mais carentes, e essa iniciativa está tendo uma grande ressonância na sociedade. A meta é chegar a 100 creches.

ÁGUA– Na passagem, ontem, por Nazaré da Mata, o governador Eduardo Campos assinou a ordem de serviço para construção da barragem de Morojozinho, que resolverá definitivamente o problema de racionamento de água. O custo é de R$ 3,5 milhões.

ANDARILHO– O deputado João Paulo também virou um andarilho sertanejo. Depois de reuniões com aliados, hoje, em Triunfo e Afogados da Ingazeira, traça um bode sob a sombra de um juazeiro. Na pauta, a discussão de candidatos próprios do PT.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...